teoria dos nomes estranhos

texto que escrevi em 2007, do alto dos meus 19 anos.

Tudo começou com o “Ivo”. Primeira paixão adolescente, cheia de desejos e ilusões. Para minha infelicidade, no entanto, a “estréia” não foi nada empolgante. Mal sabia o que fazer, muito menos como falar “oi” no dia seguinte. Enfim…Mais à diante, na segunda tentativa, me deparo com “Ermete”. Meu Deus, que mãe dá um nome desses pra um filho?! Tanto quanto o nome, a criatura era bem estranha. Embalados por “Onze homens e um segredo” trocamos uns beijinhos um pouco tímidos. Mas, deu pra aprender um pouquinho…A fila anda, e eis que conheço “Aruã”, galãzinho do clube do momento que a cada sábado arrumava uma “escolhida”. Acabei caindo na rede um dia… Apesar de metidinho e de depois não termos mais nos encontrado, demos uns ligeiros amassos no alto de meus 12 aninhos. Acho que nessa época comecei a estranhar essa bizarra coincidência de nomes estranhos na minha “agendinha de ficadas”. Enquanto minhas amigas conheciam João’s, Leo’s, Tiago’s, eu ia de Renan, Conrado, Alan…Lembro que cogitei ficar com um “William” mas aí seria demais, além de estranho. Sem contar que me apaixonei por um “José Lúcio”. Ai ai, vocês não devem estar acreditando mas esperem até o final. Voltando à ativa, conheci “Simon”. Nem é tão estranho assim, já que ele era americano. Acho que a estranheza se dava mais pelo tipo do indíviduo – 24 anos, conheci num showzinho de reggae, morava na Califórnia. Ah, detalhe: seu pai o batizou em homenagem à Simon Bolívar, seu grande ídolo. Tadinho, achou que da segunda vez que ficamos estávamos namorando… Maluco mesmo. As saídas para nights se tornaram mais frequentes e eu comecei a me sentir mais “normal”. Ilusão passageira. Eis que conheço um figura chamado “Nino”. Sim, igual aquele do Castelo Rá-ti-bum. O irmão era Naro. Nossaaaa… Engraçado mas só queria me comer…Enfim, ficou sem. Entro na faculdade e me apaixono à primeira vista por quem? Suryan. Isso mesmo, vocês não leram errado. Acho que esse é o mais estranho de todos (tudo bem, mas Ermete é bizarro!). Mas vocês ainda não sabem do mais surreal: antes, na mesma festa, eu já tinha dado umas bitocas no…Demétrio! É…a parada é bizarra mesmo…No mesmo dia! Na mesma noite! Na mesma festa!!! (nota da redação: Demétrio era uma opção visada anteriormente mas não tinha muito papo e foi embora cedo…não pude me controlar quando avistei Suryan na chopada e acabei pescando também…poucas pessoas sabem desse acontecido.)Pois é minha gente, já conheci João, Pedro, Hugo (algumas podem achar estranho mas diante do contexto é super normal)…Mas eles nunca quiseram nada comigo. Aqueles que me dão condição mesmo são sempre denominados com alguma combinação de letras que nos soa tão diferente.Fiquem calmas, já estou quase acabando. Há alguns meses eis que surge Moacyr. Papinho legal, mas muito “jovem”, como diria uma amiga, apesar dos 26 anos na cara. Um amigo dele até chegou a me perguntar como eu tinha ficado com o sujeito com aquele nome, mas preferi ser discreta a dizer “Meu filho você não sabe o que eu já ouvi por aí”. Diversão passageira, hoje o Moa namora uma sub-celebrity da vida e está apaixonadissímo apesar de conhecê-la há 2 semanas. Boa sorte pro casal, eles realmente combinam.Comecei então, a pensar sobre esses estranhos fatos tão recorrentes em minha vida. Lancei a teoria que filhas de pais com nomes não muito comuns (o meu é Antenor) têm um certo “karma” em atrair seres conhecidos por nomes tão distintos. E ontem, ao conhecer “Bento” (que me disse, “isso mesmo, igual ao do papa”) pude perceber que ele me ganhou pelo nome. Ai ai, ironia do destino. Mas já me prometi que ele foi o último, constatei que o nome diz muito da pessoa. Pra mim, chega!

ps: pior que eu não lembrava de muitos desses…e já tiveram tantos outros que eu tinha que atualizar esse texto, mas tô com preguiiiiiça. Vamos combinar que por um tempo eu parei no “matias gabriel” e foi bom demais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s