Navegando pelo São Francisco

Hoje foi o último dia da exposição ‘Rio São Francisco – um rio brasileiro’, com curadoria de Ronaldo Fraga e em cartaz no Palácio Gustavo Capanema. Lá dentro fazia um calor do caramba – acho que o ar tava quebrado. Mesmo assim, deu para aproveitar.

A expo era divertida, surpreendente, quase sensorial. A cara do Ronaldo. Além dos 8 espaços muito bem ambientados, contava com 4 vídeos: um do fundo do rio, com peixinhos nadando, outro que era um documentário realizado por Wagner Moura sobre uma cidade na margem do rio que foi alagada para a construção de uma hidrelétrica – inclusive Wagner aparece criança falando sobre a cidade onde morava, pelo que entendi -, outro com imagens de desfile e recortes da carreira de Ronaldo (não vi muito tempo, nessa hora o calor tava insuportável) e um último mostrando o processo de criação e produção da exposição.

Valeu a pena enfrentar a alta temperatura e esquecer o sol lá fora pra curtir essa tarde no Centro.

Frase linda que vi na expo: “A gente desse rio, tão vasto de extensão como o coração de quem o habita, tem uma vontade grande de partilha do saber de que ela só gesta a abundância: e só navega em suas verdadeiras águas, quem tiver no sonho um barco de plenitudes e na proa o céu do imaginário”.

Fotos: Reprodução
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s