Arruma que passa

A mágica da arrumação nunca tinha dado as caras aqui em casa, bagunça e apego a coisas desnecessárias costumava ser motivo de insatisfação e brigas familiares desde a minha infância. Até que minha irmã deu de presente para minha mãe o livro da japonesa Marie Kondo. Aquariana (bagunceira!), e teimosa que só, ela nem leu, já eu (ascendente em virgem) decidi dar uma chance pra esse livrinho de capa simpática e leitura rápida. Afinal, nada melhor do que começar o ano fazendo uma limpeza de verdade, na casa e na alma.

Processed with VSCOcam with f2 preset

O livro fala sobre o método criado pela autora Marie Kondo, uma fanática por arrumação desde a infância, que depois de testar diversos esquemas de ordenação acabou criando o seu próprio jeito e, com ele, um curso tido como essencial para quem quer se livrar do desnecessário e manter a vida em ordem pra sempre.

A cada página a gente percebe que de ‘mágica’ a verdadeira arrumação não tem nada, ela está mais ligada a autoconhecimento do que qualquer milagre. O método de Marie une segmentação (em vez de começar por ambientes, separar a missão por categorias, como roupas, fotos, livros, etc), atitude radical (ela chama de ‘acontecimento especial’: entre na missão de arrumar e vá até o fim de uma vez só sem ficar deixando temas para depois) e desapego sincero (segure cada objeto e pergunte ‘isso me traz felicidade?’; se a resposta for não, desapegue).

Dica essencial: faça isso sozinha, não deixe sua família ver, alguém sempre vai dizer: ‘ah, mas esse vestido eu posso usar em tal ocasião’… Não. “Selecionar e descartar seus pertences é um processo contínuo de tomada de decisões baseadas nos próprios valores. O ato de descartar aprimora a capacidade de decidir(…) É o ato de analisar cada peça que muda nossa mentalidade”, escreve Marie. Então escolha o que te faz bem e pronto. O resto você recicla ou doa a quem realmente precisa.

Kondo_1032080c

O ‘acontecimento especial’ pode durar alguns dias e te fazer jogar fora, ou doar, diversos objetos que não tinham sentido de estarem em casa. Com isso, o ambiente fica mais limpo e leve, restando apenas aquilo que te faz bem e é necessário. Depois disso, claro, é preciso manter a vida em ordem com uma ‘organização diária’, bem simples, que consiste em usar algo e colocar de volta no seu devido lugar quando terminar. (Aquarianos tem dificuldade nisso, hahaha. #implicante)

Esses hábitos ajudam a gente a ficar mais focado, perder menos tempo procurando objetos, e o melhor, aumentam incrivelmente a nossa sensação de contentamento. O desejo de comprar diminui profundamente, e depois de selecionar e manter aquilo que a gente realmente adora, passamos a sentir que temos tudo o que precisamos. Parece ser um bom caminho para tão sonhada paz…

Destaco mais algumas passagens:

“Arrume as coisas na vertical e evito empilhá-las por dois motivos (…) quando fazemos pilhas, aumentamos as chances de acumular coisas (…)  e é difícil ter acesso aos itens que ficam na parte de baixo da pilha.”

“Um dos deveres de casa que dou aos meus clientes é que procurem valorizar o que possuem”.

“Embora possamos conhecer a nós mesmos refletindo sobre nossas características e ouvindo o que as pessoas pensam de nós, acredito que a melhor ferramenta de autoconhecimento é a organização de nossas coisas”.

Curiosidade: Por aqui, não segui à risca o método de imersão, fui selecionando áreas do armário e gavetas pra limpar. Aos poucos me desapeguei de muitos cadernos antigos, livros, agendas, fotos e roupas (algumas eu doei e outras coloquei à venda no Enjoei – funciona!).

A sensação é de que, assim como não nos ensinaram a respirar, comer e dormir (texto ótimo sobre isso aqui), também não nos ensinaram a consumir e descartar com consciência, além de organizar e valorizar o que temos. O livro de Marie faz bem sim. A leitura é fácil de ser feita na praia, no ônibus… por isso vale muito ler, mesmo que seja para mudar só o seu quarto. No final, você vai ver que a transformação foi mais profunda do que imaginava! 😉

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s