The space in between

Musa da performance contemporânea, Marina Abramovic, ataca novamente e desta vez em terras brasileiras. Para quem não lembra, ela esteve por aqui em abril passado, e além de ocupar o Sesc em SP, pode rodar por algumas cidades em busca do ‘espaço entre’ – esse lugar onde se fica totalmente vulnerável, aberto aos ensinamentos do destino. O resultado a gente poderá ver em maio nas telonas.

9204c6e964fd8c741e3d29a1fc6bc27c

Acho muito interessante uma performer de mega destaque na arte contemporânea mundial estar interessada na diversidade da nossa cultura e da nossa natureza. Não apenas filmando ou fotografando essa realidade, mas indo além, numa abordagem meio antropológica, vivenciando, aprendendo e ensinando – a si e até a nós mesmos, que às vezes nem estamos ligados no tanto de poder que emana daqui.

7fdb781cfeaf2fd96817db5eec52549b

Marina veio buscar lugares de poder, trocar energia, testar realidades paralelas, saber mais sobre entidades, cultos e religiões. Vivenciou fortes e diferentes emoções, e também dores. É não é assim que uma pessoa cresce? No trailer ela explica sua missão: ‘como ajudar a expandir a consciência através da arte’?

O documentário foi dirigido por Marco Del Fiol e selecionado para um dos mais importantes festivais dos Estados Unidos, o SXSW – South By Southwest, sendo o único título não norte-americano entre os dez concorrentes da mostra Documentary Feature Competition, que teve mais de 1000 inscritos nesta edição. Chega em maio no Brasil.

Ansiedade a mil por aqui!

 

visita: joshua liner gallery

IMG_1281

O curador do site The World’s Best Ever acabou de organizar a exposição All Types of Characters na Joshua Liner Gallery. É uma viagem pela mente de 30 artistas contemporâneos expressando seus sentimentos sobre identidade, beleza, papel social. Tem gente do Canadá, Dinamarca, e claro, EUA.

Fui conferir a abertura na semana passada e pela obra acima já dá para ver que vale o passeio. ‘Self Portrait as woman in Les Demoiselles d’Avignon by Pablo Picasso’, de Jaimie Warren é a minha favorita por transformar uma das pinturas mais emblemáticas da história da arte em um autorretrato super bem executado e com humor. Lembrou das mais diversas selfies que vemos online e que já viraram entretenimento – e business – de muita gente? Isso que a Jaimie fez é arte metalingusística, irônica e esperta da melhor forma.

IMG_1279

Esse trabalho de Christian Rex van Minnen parece uma fotografia, daquelas que te faz pensar ‘epa tem algo errado (e muito certo) aí’. Dá um soco no estômago e encanta ao mesmo tempo. Quem nunca se sentiu assim meio desconfigurado, torto, todo errado… mas ainda assim belo? Só que não é Photoshop não, essa é uma pintura a óleo criado com influências dos pintores holandeses, os renascentistas e os surrealistas. Coisa de mestre.

Abaixo, alguns outros trabalhos que destaco:

IMG_1277

Frohawk Two Feathers

IMG_1278

Richard Colman

IMG_1280

Timothy Uriah Steele

A arte é pra envolver seus sentidos e te fazer tirar suas próprias conclusões… então deixo aqui a dica desse passeio imperdível pra quem estiver por NY até dia 10 de julho!

Por essas e outras que amo essa cidade.

made in brasil

Passados quase 2 anos desde a inauguração da Casa Daros, chegou a hora da instituição criar a primeira exibição totalmente dedicada à arte brazuca. Ufa! Made in Brasil vai ser inaugurada este sábado, dia 21, com uma seleção de nomes de peso da nossa arte contemporânea: Cildo Meirelles, Miguel Rio Branco, Waltercio Caldas, Antonio Dias, Milton Machado, José Damasceno, Ernesto Neto e Vik Muniz.

Um passeio delicioso por diferentes formas de representação, um convite a se deixar sentir, criar seus próprios significados e absorver um pouco do muito da nossa potência artística. Programinha pa alimentar a alma e o corpo, já que o Mira, restaurante que fica no pátio da Casa, preparou um menu especial com sabor brasileiro.

A Daros ainda promete encontros com alguns dos artistas desta expô e avisa que, em breve, a gente vai ver mais brasileiros nas exibições. Obrigada!