entrevista: estúdio do amor

_Capa

A gente é fão do Estúdio Amor, que espalha design handmade e inspirador por aí. Tudo começou quando eles resolveram casar e morar fora. A festa foi temática com direito a convite em forma de passaporte. “Foi uma experiência meio low-budget, mas rica em detalhes, que rendeu elogios cheios de emoção. Gostamos tanto de fazer e de ver o resultado que quando voltamos pro Brasil começamos a ajudar os amigos a tornar outras festas mais bonitas” contam Marcelo e Camilla, os nomes por trás de tanto amor. Vem saber mais:

IMG_8111

Quais aprendizados tiraram de casar e morar fora?

Olha, casar muda tudo. Pra melhor! Mas profissionalmente, morar, estudar e trabalhar como freelancer na Europa foi incrível. Quando fomos pra Inglaterra fizemos alguns cursos muito bacanas, em especial um de Tipografia e outro de Cool Hunting, na Central Saint Martins. Os dois foram analógicos. O de Tipografia, foi lápis, tinta e papel, totalmente handmade, e o de Cool Hunting foi a maior parte do tempo nas ruas de Londres, buscando um novo olhar para as coisas do dia a dia, o que ajuda a identificar novas tendências de comportamento.

estudioamor3

A gente sempre amou as coisas feitas com as mãos, com tinta, madeira, enfim. Mas lá no casamento a gente fez isso se transformar em uma experiência pras pessoas, e isso foi muito emocionante. Aí veio toda a inspiração da Europa e pronto, quando pisamos de volta no Brasil percebemos que tínhamos que usar isso, e foi aí que o giz começou a se tornar uma marca importante do nosso trabalho.

Quais serviços você oferecem no estúdio?

Fazemos quadros personalizados, projetos tipográficos e agora estamos criando produtos pra decoração com a nossa arte. Acabamos de colocar no ar nossa lojinha virtual e a ideia é oferecer às pessoas produtos legais, inspirados no amor e feitos com muito carinho. Os quadros personalizados são produtos muito especiais pra gente, porque cada projeto é único e reflete a personalidade de alguém. A recompensa em um trabalho assim é muito incrível, porque as pessoas ficam realmente emocionadas em ver uma coisa feita cheia de carinho e exclusivamente pra elas.

estudioamor4

Todo trabalho tem sempre um significado importante, isso porque temos muitos pedidos para casamentos, quadrinhos de porta de maternidade e presentes de aniversário, ou seja, a gente tem o prazer de fazer parte desses momentos da vida das pessoas. Então é tudo feito com muito amor pra ajudar a transformar esses momentos em algo ainda mais especial.

A gente usa muito o giz nos trabalhos, porque realmente o resultado é lindo, mas já fizemos projetos tipográficos com tinta em paredes, cavaletes de madeira de demolição e mais um monte de outros materiais legais pra restaurantes e projetos de arquitetura. O importante é estar sempre aberto a ideias e testar coisas novas. Para os produtos da loja, agora estamos fazendo serigrafia, é o máximo!

Qual a dica pra manutenção de uma peça feita com giz?

Amor e, principalmente, cuidado! Hehehe. Mas temos alguns segredinhos pra evitar o estrago dos dedinhos curiosos. Sabia que até spray de cabelo ajuda?! (Mas não tentem isso em casa!)

estudioamor5

Qual conselho vocês dão pra quem quer aprender a arte da caligrafia?

Hoje em dia a internet faz maravilhas pra quem quer aprender. Com caligrafia não é diferente. Tem o Pinterest, tutoriais no Youtube, Instagram… Enfim, tudo serve de inspiração pra começar a aprender. Comece aos pouquinhos, tentando uns rabiscos despretensiosos. Com força de vontade, dedicação e amor tudo se aprende. Mas, claro, cursos são sempre legais e te ensinam o caminho das pedras muito mais rápido. A gente mesmo vive fazendo cursos. Na nossa última viagem, por exemplo, fomos ao Japão e tiramos uns dias pra aprender novas técnicas de caligrafia com uma professora local. Foi lindo e a gente voltou cheio de ideias novas na cabeça e o coração batendo mais forte pelo que fazemos.

estudioamor2

Infelizmente, aqui no Rio, não tem muitos cursos nessa área e a gente quer ajudar a mudar isso. Temos planos de ano que vem começar a dar cursos também. Afinal, conhecimento é que nem amor, é muito melhor quando compartilhado, né?!

Qual o tamanho da equipe de vocês?

Por enquanto somos só nós dois. Aliás, tem o Nicolau, nosso cãozinho! Mas ele (ainda) não ajuda em nada… rs. Nós trabalhamos muitos anos em publicidade, sempre amamos trabalhar com criação, mas aos pouquinhos o coração foi escolhendo um caminho fora das agências. O que fazemos hoje não é mais trabalho, é escolha de vida. Mas o melhor de tudo é que essa escolha é baseada no sentimento mais bonito que existe, e ao lado da pessoa que faz todo esse sentimento ter sentido. Não tem como pedir mais da vida. Mas olha, a gente está vendo tudo crescer tão rápido que em breve, quem sabe, a gente pode precisar chamar mais gente pra dividir essa experiência incrível. Tomara!

estudioamor8

Como é esse dia a dia de trabalho junto com o amor? 

É lindo! Nos conhecemos no trabalho, ainda em agência, viramos amigos e um tempo depois nos apaixonamos. Então, pra gente, trabalhar junto é meio natural. Além disso, temos gostos parecidos, nos entendemos e cada um tem um papel muito bem definido dentro do Estúdio. Trabalhar junto de quem se ama é maravilhoso, mas tem que ser uma soma, não uma competição. Acho que esse é o segredo.

Como vocês vêem esse mercado de arte no Brasil hoje?

A gente sempre viajou muito e viu por aí o interesse das pessoas por comprar arte. No Brasil ainda havia a idéia antiga de que comprar arte é coisa de rico. Não é. Hoje a gente vê com esperança o crescimento de projetos que vendem o trabalho de designers, artistas, fotógrafos, ilustradores etc.

estudioamor6

Temos visto surgir eventos, lojas e sites e, principalmente, o interesse das pessoas em consumir isso. O Estúdio Amor quer é contribuir com essa cultura, com o prazer de levar pra casa um trabalho assinado, exclusivo, ou que simplesmente é o resultado de alguém trabalhando no que ama.

Tem algum projeto que vocês consideram especial?

Há alguns meses começamos um projetinho no Instagram, o #digoporqueteamo. Toda sexta-feira a gente posta uma frase nova pra ajudar as pessoas a espalharem o amor. Quem quiser pode usar a frase da semana pra dar um recado pra quem ela ama, tagueando a pessoa nos comentários. Um jeito de dar aquela forcinha pro amor e deixar o mundo mais apaixonado.

estudioamor9

Então, já que amanhã é sexta, fica a dica pra quem quer ajudar a espalhar mais amor por aí: @estudioamor. Obrigada pelo papo, queridos!

entrevista com karen hofstetter

Hoje meu blog faz 4 anos, uau! Nem sabia, hehe, wordpress que me lembrou. Achei fofo. Pra celebrar, uma entrevista que fiz pro blog da FARM, com a designer brasileira Karen Hofstetter – quem não conhece precisa conhecer já!

bola_karen

Pense num design criativo, feminino sem ser bobo, com cores alegres, estampas… tudo que a gente ama! É assim o trabalho da designer paulista Karen Hofstetter, que trocou a vida à quatro rodas em SP pela liberdade da sua bike em Berlim, e vem conquistando fãs com suas imagens inspiradoras. A gente, é claro, correu atrás de uma entrevista exclusiva com ela. Prepare-se pra se encantar também:

Como foi mudar de Sampa pra Berlim? 

Um recomeço de vida! Estava infeliz com o meu trabalho e com o dia a dia em SP. Nunca fui do tipo que reclamava do trânsito e da violência, mas em 2009 senti um desconforto na minha maneira de viver. Nunca tinha vindo pra Berlim. Naquele ano, 2 amigos voltaram de lá e me disseram: “Karen, essa cidade é incrível – você precisa conhecer!” – e eu fiquei com isso na cabeça. Quando resolvi que estava na hora de mudar, não pensei duas vezes – pedi demissão e comprei uma passagem só de ida.Foi difícil no primeiro ano, não tinha contatos profissionais, conhecia muito pouco do mercado aqui, e quando a situação ficou apertada, resolvi começar a fazer alguns trabalhos como freelancer, e já que meu network no Brasil era mais amplo, vi que mesmo de Berlim o trabalho era possível. Comecei com projetos pra amigos, conhecidos, indicações, e quando me dei conta estava com o mês todo lotado de trabalhos legais. Já tinha parceiros no Brasil e em 2010 abri minha empresa. Me estabilizei fazendo o que eu gostava, e no fim percebi que ter trocado o meu carro por uma bicicleta foi o meu maior grito de liberdade.

karen7

E estudar Publicidade e Design?

Me formei em publicidade pela FAAP e em Design Gráfico na Escola Panamericana de Arte. Apesar de ter começado minha carreria em agência de publicidade em SP, fazia muitos projetos de design e identidade de marca, e percebi que eram os que mais me atraíam, então essa “mudança” foi natural.

Qual seu signo? É ligada em astrologia?

Gêmos, ascendente em aquário, lua em peixes! Dois signos de ar e um de água regendo a minha vida! Minha mãe já fez alguns cursos de astrologia e foi muito legal ter meu mapa astral feito por ela, que já me disse algumas vezes que quando ando descalça (adoro!), é o meu corpo dando sinal de que precisa de um pouco de terra firme! :) Tenho características fortes de todos eles!

karen1

Com um mundo cheio de imagens, como filtrar o que é importante pra você e separar o que te inspira?

Tenho álbum de fotos, sou viciada em Pinterest, compro livros toda semana, mas acho que o filtro é inconsciente mesmo! Sou muito agitada, falo rápido, faço mil coisas ao mesmo tempo (alô Gêmeos! rsrs). Dfiícil não reparar em algum detalhe. Sou daquelas que enquanto todo mundo come o cheesburguer, eu estou analisando a embalagem do ketchup, contando alguma história e ouvindo a conversa na mesa ao lado. Bombardeio minha cabeça todos os dias com cores, formas, texturas e referências, mas na hora de criar, preciso do meu sossego pra “organizar” mentalmente tudo o que vi, e colocar no papel o que senti.

Sua caligrafia é linda! Já era assim ou você foi aperfeiçoando?

Em 2009, trabalhando para uma campanha do Shopping Cidade Jardim em SP, fui assistente do Scott Schuman (The Sartorialist). E foi conversando com ele que na época descobri o trabalho daGarance Doré (musa!), fotógrafa, ilustradora e dona de uma caligrafia linda, que me inspirou a arriscar no rabisco com as letras. Foi quando comprei os pincéis e nanquim que comecei a trazer isso para os meus trabalhos de design. Mas claro, a gente sempre vai afinando, amadurecendo e se transformando com o tempo. Daqui 10 anos talvez a letra seja outra!

karen3

Quais dicas você dá pra quem quer ser uma designer de sucesso?

Em primeiro lugar, amar o que faz. “Escolha um trabalho que você ame e não terá de trabalhar um único dia de sua vida.” (Confúcio) É isso, e ponto! Pra quem trabalha com design, referência também tem uma grande importância no seu dia-a-dia de trabalho. Se alimentar do que o mundo oferece, ter sensibilidade pra entender o que as pessoas precisam e esperam do seu trabalho. Não adianta só saber combinar cores e formas. Tem que ter um conceito, tem que contar uma história, e isso só é possível se você se alimenta do mundo, da arte e da história pra poder transformar o que já viu em coisas novas.

Como você se relaciona com o mundo da moda?

Um dia desses me dei conta de que quase todos os meus clientes estão ligados à moda. Na verdade isso foi espontâneo e acredito que tenha sido assim porque me interesso por isso, brinco de combinar cores, formas e texturas o tempo todo. Com moda não é muito diferente – no fim das contas, é a superfície que muda – ao invés do papel, usamos o nosso corpo!

karen6

E como não morrer de saudades do Brasil morando fora?

Quem disse que não morro? Morro, desmorono e “desmorro” todos os dias um pouquinho! :)Nunca foi fácil largar tudo e ir pra lá, mas hoje percebo o quanto cresci por causa dessa mudança. Mas trabalhar com clientes do Brasil todos os dias é o que me mantém conectada e isso alegra os meus dias! Além disso, por causa do trabalho flexível e às vezes por projetos, tento vir sempre que dá! :) Passo sempre 1 mês no Brasil no verão e tento vir outras vezes durante o ano. Estou lá e aqui. (sou de gêmeos, lembra?! rsrs).